Identidade Olfativa Negócios

A importância do marketing olfativo nos hotéis

aromatização hotel

Item indispensável nos grandes hotéis ao redor do mundo, o marketing olfativo ou a aromatização de ambientes vem tomando cada vez mais espaço no cenário da hotelaria brasileira. Um dos motivos deste novo item está na necessidade de cativar o cliente através de formatos não testados anteriormente, uma vez que a concorrência se torna cada vez mais acirrada.

Além disso, o olfato torna-se um grande chamariz de satisfação ao notarmos a eficiência deste sentido para o ser humano. Em 1.999, a Universidade Rockfeller, em Nova York fez um estudo que apurou que o ser humano é capaz de lembrar de 35% dos aromas que sente. Para que possamos comparar com outros sentidos, o mesmo ser humano é capaz de se recordar de 5% do que vê e apenas 2% do que toca.

O trabalho de aromatização de hotéis acontece em quatro estágios diferentes: neutralização de odores dos quartos, aromatização dos quartos, aromatização do lobby e aromatização de áreas comuns e específicas do hotel. Podemos ter cheiros distintos para cada um destes segmentos, mas é importante que esses cheiros conversem entre si para que não vire uma grande bagunça e não se crie identidade alguma.

Tirar o cheiro ruim é mais importante que aromatizar o quarto
Uma das grandes falhas cometidas pelas governantas de hotel é usar desodorizadores de ambientes em quartos que tenham cheiro de cigarro, mofo, comida ou outros cheiros desagradáveis, sem antes eliminar o mau odor. Um hóspede não espera receber o quarto aromatizado, mas sente total repulsa em encontrar aromas desagradáveis. O cheiro é importantíssimo para a sensação de relaxamento e exclusividade que um quarto de hotel deve propor, portanto um cheiro causado por outras pessoas tira completamente a ideia de que aquele ambiente foi preparado para aquele hóspede.

Para isso, existe no mercado produtos capazes de eliminar os odores, antes de fazer a aplicação de um novo aroma no ambiente.

A escolha do cheiro do quarto
Engana-se quem acha que qualquer aroma bom soluciona a aromatização de um quarto de hotel. A fragrância deve ser muito bem planejada analisada para que combine com a mobília e a identidade visual do quarto e da bandeira do hotel. É importante fugir de tudo que remeta a cheiros de perfumes corporais ou produtos de beleza, com muitas flores e frutas, por exemplo, pois dão a sensação ao cliente de que o cheiro que ele sente no quarto é do perfume do hóspede anterior. As folhas usadas nas fragrâncias herbais são muito boas para dar a sensação de limpeza e asseio, tão fortemente defendidas pelas governantas e camareiras dos hotéis. Uma outra dica é trazer as cores e a iluminação do quarto para a escolha do cheiro. Luzes amarelas combinam com fragrâncias mais cítricas e uma iluminação branca combina com aromas mais clássicos, como lavanda ou alecrim, por exemplo.

Aromatização do Lobby: A primeira impressão é a que cheira
Ter um bom aroma na recepção do hotel já é quase item de necessidade básica para as grandes recepções. O lobby permite cheiros mais inusitados, pois é um ambiente de circulação e que traz um cenário cosmopolitano e moderno, por isso, todos aqueles aromas que precisamos tirar da mente na hora de criar o cheiro do quarto podem ser usados no lobby.

Hoje existem estudos que denotam à algumas fragrâncias a conotação de glamour, sofisticação, consumismo, relaxamento e tantas outras sensações. O lobby tem que transmitir pelo cheiro todas as curvas da logomarca do hotel. O hóspede precisa entender que estar naquele hotel é uma sensação única.

Das áreas comuns para a bagagem do hóspede
Criados os cheiros dos quartos e do lobby pode se aproveitar um dos dois ou até mesmo criar um terceiro para ser o ‘cheiro da marca’, que é o grande alvo de uma estratégia de marketing olfativo. E esse cheiro da marca pode estar presente nas áreas comuns (banheiros sociais, elevador, corredores, academia, salão de eventos, business room, etc). Além disso, o aroma pode ser utilizado na linha de amenities do serviço de quarto.

Uma aposta nova e quem tem chamado bastante a atenção é dar ao hóspede a possibilidade de levar “um pedacinho do hotel” para casa, entregando-lhe um sachê de gaveta ou um home spray.

Se depois de tudo isso você ainda tiver dúvidas de que uma boa aromatização fará com o que o hóspede se lembre do hotel, basta fazer uma viagem na memória e recordar dos cheiros que permearam grandes momentos da sua vida. Certamente ao tentar se recordar algum destes cheiros virão ao seu nariz e você entenderá – definitivamente – do que um cheirinho agradável é capaz de fazer!

You Might Also Like